Legalidade

O produto é Legalizado?

A legalidade do uso da e retenção e bloqueador de ar da ECONOLOGIC® não infringe qualquer lei, nem sofre restrições por parte das concessionárias. A válvula retenção é instalada após o hidrômetro, da mesma forma que se instalam torneiras, bóias, chuveiros, etc.

A portabilidade da água é muito importante, tendo as Cias Concessionárias de abastecimento de Água e Esgoto muita responsabilidade sobre o assunto. É de sua total responsabilidade o fornecimento de água com qualidade, somente até a saída do hidrômetro. Após esse ponto a responsabilidade é exclusiva do consumidor.

Qual é a lei estabelecida?

É a Lei 12.520/2007,que, terminantemente, retrata as condições que o usuário da rede de abastecimento de água e esgoto pode instalar bloqueador ar do referido sistema.

Importante salientar que a referida lei traz em seu bojo condições de instalações de válvulas retenção de ar o que se diferencia da válvula de retenção MUNDIAL ECONOLOGIC® que é um bloqueador de ar e que aqueles dispositivos devem estar posicionados ANTES do hidrômetro, obedecidas às normas do INMETRO

As companhias abastecedoras exigem que dispositivos desta natureza recebam certificações especificas no que diz respeito a possíveis condições de tais equipamentos não provocarem contaminações no interior do sistema.

O Bloqueador de Ar da ECONOLOGIC®

O Bloqueardor de Ar Mundial Econologic segue as leis estabelecidas. A válvula de retenção MUNDIAL da ECONOLOGIC® não possui contato algum com o meio exterior do cavalete, conforme dito, é uma cápsula que funciona no interior do encanamento, portanto, não possibilita qualquer contaminação, seja por bactérias, micróbios ou insetos.

A retro lei, aponta as devidas condições de se instalar um equipamento para eliminar o ar do sistema antes do hidrômetro desde que não possibilite contaminação do sistema de abastecimento, fato que era discriminado até então por motivos de se colocar em risco a saúde pública, ou seja, especificamente está descrito a condição de instalação do equipamento é o lado do cavalete, pois a única dúvida que a sociedade possuía, bem como as empresas , era se do lado da rua , antes do hidrômetro, poderia ser instalado tais equipamentos, e assim a legislação veio a regular tais ações apontando o que poderia ser feito e sua condição.

Conforme retrata a Carta Magna/88, para que seja ilegal qualquer ação, é necessária que haja uma lei dizendo do fato proibitivo, logo, a lei acima diz o que pode e o que não pode instalar, bem como sua forma de instalação antes do hidrômetro, isto porque a água ainda não passou pela leitura do hidrômetro, no entanto, se a água já passou pela leitura do hidrômetro, tudo o que ocorrer depois do hidrômetro, não deve ser da preocupação da Cia de Abastecimento de Água, nem tampouco o que o proprietário do imóvel vai fazer com seu consumo.

Open chat
Compre pelo whatsapp